Rua Fernão Pompeu de Camargo, 362
Jardim do Trevo – CEP 13041-025

Campinas – SP
Fone: 19 3772-3800 / Fax 19 3772-3806
itech@techplus.com.br

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle

CONTATO

imachine techplus
Please reload

Posts Recentes

Como a tecnologia está melhorando a manutenção preditiva na manufatura

2/8/2019

Vamos conhecer as principais mudanças que a manutenção preditiva está promovendo no dia a dia do chão de fábrica.

 

 

 

A tecnologia invadiu as indústrias do Brasil e do mundo com ferramentas de monitoramento que captam tudo o que acontece no chão da fábrica e, por isso, hoje a manutenção preditiva se tornou um importante aliado para aperfeiçoar o trabalho manual das mesmas.

 

Um dos principais benefícios que a tecnologia proporciona para a manutenção preditiva atualmente é acabar com o antigo modelo que prescrevia um cronograma fixo de manutenção para todas as máquinas da indústria.

 

Isto é, não importava se as peças estavam danificadas ou não, elas eram substituídas com base mais no achismo do que na razão.

 

O serviço de manutenção preditiva hoje se baseia na premissa de que os ativos das indústrias - máquinas, sistemas, linha de produção, etc. - são monitorados em tempo real e, desta forma, a manutenção e os reparos nos equipamentos são feitos antecipadamente com base em dados colhidos diariamente por sensores instalados.

 

 

Pensando nisso, neste artigo você vai ver como a tecnologia mudou o sistema de manutenção preditiva na manufatura. Confira:
 

Manutenção preditiva na manufatura

 

São muitas as vantagens que a tecnologia consegue oferecer para o setor industrial, porém o trabalho humano não foi totalmente substituído.

 

Hoje a tecnologia consegue fazer com que a manufatura das fábricas e o tempo de inatividade para a manutenção dos equipamentos sejam cada vez mais curtos.

É que a manutenção preditiva consegue identificar como cada máquina se comporta dentro da operação.

 

Funciona como um diagnóstico, ou um check up geral sobre as condições desde as máquinas do chão da fábrica até os equipamentos mais modernos da operação.

 

Estamos na era das fábricas inteligentes e isso faz a manutenção preditiva: permite que as máquinas aprendam a prever as falhas que vão ocorrer nos equipamentos. 

Para que a gente possa compreender melhor essa nova fase da manutenção preditiva, vamos listar as tecnologias que fazem a diferença na manufatura das fábricas do Brasil.
 

IoT

 

A menina dos olhos da indústria 4.0 pode ser chamada pelo termo “Internet of Things” ou Internet das Coisas.

 

Se levarmos o termo mais especificamente para os pátios fabris ele ganha mais um “i” na sigla que responde pela Indústria.

 

Seja IoT ou IIoT (Industrial Internet of Things), esta é uma valiosa inteligência que hoje orienta os gestores das empresas de manufatura a programar a manutenção dos equipamentos quando for realmente necessário.

 

Hoje os modelos de manutenção preditiva mais tecnológicos são aqueles que usam a IIoT com base para integrar os dados e, de certa forma, ser onipresente.

 

Além disso, esses novos equipamentos permitem que você acompanhe tudo o que acontece dentro da fábrica, até mesmo pelo smartphone.

 

Além do mais, os sistemas de IIoT de manutenção preditiva que podem ser usados para melhorar os resultados da manufatura são instalados em notebooks também.

 

Entre os softwares específicos para manutenção preditiva, temos a solução iMachine. Baseada em arquitetura IoT (Internet of Things - Internet das Coisas), os sensores instalados nas máquinas enviam os dados para um servidor em nuvem.
 

Em seguida os dados são contextualizados e analisados por um algoritmo de Inteligência Artificial, que apresenta previsão de datas para novas falhas em cada máquina.
 

Fábricas inteligentes

 

A manutenção preditiva mais moderna torna as fábricas quase que um organismo com inteligência própria.

 

Já imaginou a manutenção preditiva avisando pro gestor quando é que a máquina vai parar? Isso já é realidade!

 

E só acontece por causa da sua capacidade incrível de coletar dados que vão nos dar informações valiosas como essa.

 

Acabou aquele papo de interromper a produção achando que as máquinas têm que descansar, ou que as peças provavelmente estão desgastadas.

 

Cada umas das máquinas de chão de fábrica pode ter variáveis como temperatura, pressão e umidade.

 

Com o sistema medindo as vibrações com sensores inteligentes é fácil detectar uma rachadura ou alteração que pode levar a uma falha.

 

Coleta de dados

 

Conhecer as entranhas de cada equipamento do chão de fábrica é natural da manutenção preditiva moderna.

 

À medida em que as informações se acumulam no sistema, vão sendo criados registros detalhados sobre cada equipamento usado na fábrica. 

A partir disso, elas aprendem cada vez mais sobre o desempenho de cada peça que forma todo o maquinário industrial.

 

Ou seja, tudo o que aconteceu até o momento serve para prever o futuro e a vida útil de tudo aquilo que está no chão de fábrica.

 

Pode se preparar para receber uma mensagem no celular quando a vibração de uma máquina passar do ponto.
 

Tecnologia certa

 

São muitas opções de tecnologias disponíveis e cada vez menos desculpas para você não dizer sim ao novo modelo de manutenção preditiva.

 

Tudo o que temos hoje para melhorar o processo no chão de fábrica é fruto da tecnologia e significa uma nova era na forma como é feita a produção.

 

Encontre aquela que seja mais adequada para a realidade da sua empresa, do seu negócio e que traga, de fato, retorno financeiro.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga-nos
Please reload

Tags
Please reload

Arquivos
  • Facebook Social Icon