Rua Fernão Pompeu de Camargo, 362
Jardim do Trevo – CEP 13041-025

Campinas – SP
Fone: 19 3772-3800 / Fax 19 3772-3806
itech@techplus.com.br

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle

CONTATO

imachine techplus
Please reload

Posts Recentes

Impactos da indústria 4.0 no mercado de trabalho

10/10/2018

O mundo está vivenciando a quarta revolução industrial e os players deste setor estão se referindo a esse momento como a era da indústria 4.0.

 

Nessa nova etapa, as máquinas usadas nas indústrias passam por uma importante transformação que reflete diretamente no funcionamento, no manuseio e na prevenção, alterando significativamente os resultados diretos e indiretos de desempenho.

 

 

 

Impactos da indústria 4.0 no mercado de trabalho

 

Inevitavelmente, a indústria 4.0 trouxe avanços importantes para o setor com a implementação de novas tecnologias na produção.

 

Apesar de contribuir para a modernização do setor, uma das áreas mais afetadas por essa nova revolução industrial é o mercado de trabalho. Isso porque toda a tecnologia disponível hoje para a indústria 4.0 pode ser usada para substituir a mão de obra humana em diversas tarefas. Empresas realmente imersas nessa nova realidade já conseguem descentralizar sistemas antes operados apenas por profissionais muito qualificados, por exemplo.

 

Outra vantagem para a indústria, mas não para o mercado de trabalho, é o armazenamento de dados e arquivos em nuvem, o que reduz a necessidade de espaço físico e até de funcionários para esse serviço.

 

Por outro lado, a produção em série das empresas inseridas no conceito da indústria 4.0 torna suas operações mais rápidas e flexíveis, com resultados mais lucrativos.

 

O lado bom para os trabalhadores brasileiros que atuam nas indústrias é que ainda não há muitos motivos para se preocupar com a substituição da mão de obra pelas máquinas. Isso porque grande parte do setor industrial do Brasil ainda não dispõe dos principais mecanismos tecnológicos que já são usados pela indústria 4.0 em outros países. Mas já é necessário se preparar para enfrentar as mudanças que o setor sofrerá ao longo dos próximos anos, as quais impactarão diretamente os postos de trabalho.

 

De acordo com a pesquisa “O futuro do trabalho”, divulgada em 2016, a indústria 4.0 e suas transformações não irão apenas extinguir muitos postos de trabalho, elas também criarão novas funções e cargos em diversos outros segmentos do setor industrial.

 

A melhor maneira dos trabalhadores acompanharem a Indústria 4.0 e não perderem espaço nas empresas é conhecer intimamente essas novas tecnologias que já fazem parte da operação das fábricas em todo o mundo.

 

Novos cargos da indústria 4.0
 

Historicamente, a revolução industrial foi responsável não apenas por novos equipamentos e métodos usados pelas fábricas, mas também por novas oportunidades de trabalho.

 

Com o avanço da indústria 4.0, diversas novas profissões surgirão em até oito áreas nos próximos anos, segundo dados recentes apresentados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

 

 

Ainda de acordo com o SENAI, os principais segmentos com novos cargos serão: automotivo, alimentação, comunicação, máquinas e construção civil.

 

Os novos cargos no setor automotivo incluem profissionais de mecânica para veículos híbridos e especialistas em sensores, que são os profissionais de telemetria. Além disso, as indústrias automotivas precisarão de programadores de controles eletrônicos e informática veicular.

 

Para o setor de alimentação, as novas vagas beneficiarão profissionais especializados em aplicações de rastreabilidade e embalagens de alimentos.

 

Na construção civil, a demanda será cada vez maior por especialistas em sistemas de automação predial, gestores especializados em “construções secas” e em logística para canteiros de obras.

 

Para o setor têxtil, engenheiros de projetos à base de fibras têxteis e designers especialistas em tecidos avançados serão cada vez mais necessários.

 

Os profissionais de TI já estão participando ativamente da indústria 4.0 criando os novos sistemas dessas empresas, principalmente sistemas de IoT (internet das coisas), cibersegurança, big data e softwares.

 

A indústria 4.0 se beneficia também de profissionais que realizam projetos em tecnologias 3D, High Speed Machine e automação para o setor de máquinas e ferramentas.

 

Outro setor que será impactado por novos cargos é o setor químico e petroquímico. Haverá maior procura por mão de obra de especialistas em análises químicas e instrumentais automatizadas, em produtos poliméricos e em sua reciclagem.

 

Para o setor de petróleo e gás, a indústria 4.0 oferece oportunidades de trabalho para especialistas em perfuração, sismológicas e geofísica de poços, bem como para profissionais voltados para a recuperação avançada do petróleo.

 

Cargos que podem desaparecer com a indústria 4.0
 

Desde a primeira revolução industrial, há 200 anos, existe o receio de que as máquinas tomarão o lugar das pessoas, mas na verdade elas ajudam na evolução do setor como um todo. Porém, é inegável que alguns cargos vão se tornar obsoletos com o passar do tempo, principalmente aqueles baseados em processos repetitivos e previsíveis.

 

Por isso, é comum que tais tarefas já tenham passado a ser responsabilidade dos computadores em diversas indústrias pelo mundo. Portanto, o segredo para um profissional não perder espaço nas empresas inseridas no conceito da indústria 4.0 é estar capacitado.

 

E então, você e sua equipe já estão se preparando para compreender os novos softwares e hardwares que virão com a indústria 4.0? Deixe para a gente o seu comentário!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga-nos
Please reload

Tags
Please reload

Arquivos
  • Facebook Social Icon